A fase dos PORQUÊS?!

As crianças perguntam muitas coisas e nem sempre você vai conseguir responder com facilidade. Veja as dicas de respostas que especialistas dão para as perguntas mais comuns.

 

8991365050

 

1- Mãe, por que não existem mais dinossauros?

Diga ao seu filho que há cerca de 65 milhões de anos um enorme asteroide colidiu com a terra e mudou tudo no planeta. Os dinossauros não conseguiram se adaptar e acabaram morrendo. Tudo isso permitiu que nascessem novos animais, que eram mais adequados para esse outro clima. Você pode aproveitar essa oportunidade para falar sobre o ambiente ou a evolução. Por exemplo, explique que os fósseis dos dinossauros mostram que eles eram os ancestrais das aves de hoje, como os pombos e avestruzes.

 

2- Mãe, por que há tantas línguas no mundo?

Diga a seu filho que há milhares de anos, as pessoas viviam em diferentes comunidades pelo mundo e elas inventaram suas próprias palavras para descrever coisas sobre suas vidas. Por causa disso, hoje, as pessoas de uma mesma área falam a mesma língua e outras pessoas, que moram mais longe, não. Explique que línguas também evoluem ao longo do tempo: a nossa língua mudou tanto que se você ouvir alguém falando português a 500 anos atrás, você terá dificuldade para entender o que essa pessoa está dizendo.

 

3- Mãe, por que algumas pessoas moram na rua?

Diga ao seu filho que você está feliz que ele notou a presença daquela pessoa. Há muitas razões pelas quais as pessoas acabam indo morar na rua, como ter perdido o emprego ou ter ficado muito difícil cuidar de si mesmo ou da sua casa. E que, em todos os casos, devemos tratá-la com respeito. Nós também devemos oferecer ajuda para os desabrigados sempre que pudermos, como recolher casacos de inverno e distribuir comida.

 

4- Mãe, por que as pessoas ficam doentes?

Diga ao seu filho que normalmente isso acontece, por causa de germes. Estas pequenas criaturas podem encontrar um caminho de entrar em nosso corpo através do ar que respiramos e das coisas que comemos, ou ainda quando tocamos na nossa boca ou nos nossos olhos sem lavar as mãos. Na maioria das vezes, os germes não nos afetam, mas às vezes o nosso corpo não pode lutar contra eles – e é por isso que ficamos doentes. Ocasionalmente, as pessoas também podem ficar doentes porque seu corpo não está mais funcionando corretamente e que são doenças que não podemos pegar. Felizmente, na maioria dos casos, descansando e tomando remédio já é suficiente para o seu corpo se curar.

 

5- Mãe, por que às vezes os adultos choram quando estão felizes?

Diga ao seu filho que, as vezes, as pessoas podem sentir algo tão forte que eles só têm que colocar aquilo para fora. Explique que quando as crianças se sentem felizes, elas costumam pular e gritar, mas os adultos têm emoções mais complicadas – e que quando nós estamos muito felizes, nós também podemos estar um pouco triste ao mesmo tempo. Às vezes, para os adultos, o choro simplesmente acontece.

 

6- Mãe, por que não posso ficar acordado até tão tarde quanto você?

Diga ao seu filho que não é só o o corpo que precisa de uma pausa depois de correr durante todo o dia, mas o cérebro precisa também. É cansativo fazer tantas coisas quanto ele faz e também descobrir tantas coisas novas. Já que ele está tão ativo e aprendendo muito mais do que os adultos a cada dia, ele precisa de tempo extra para descansar. Ele precisa ir para a cama um pouco mais cedo para que o corpo e mente possam funcionar ainda melhor na parte da manhã do dia seguinte.

 

Dica da Fabee: Lembrem-se que ser sincera é sempre a melhor saída, explique a realidade com jeitinho, com um toque lúdico, para que a criança compreenda =)

Papinha, frutinha e suquinho: dicas para alimentação guiada do bebê

vitamina-c-gravidez-bebe

 

Seu bebê chegou na fase avançada da nutrição e vai começar a conhecer os alimentos? Essa é uma fase muito importante no desenvolvimento do seu filho, e é claro que os especialistas dão dicas valiosas para ajudar as mamães nesse processo. As crianças precisam sentir a textura dos alimentos, poder escolher entre os tamanhos, cores, odor e paladar.

 

Confira uma lista de 10 dicas que ajudarão a fazer com que os bebês experimentem alimentos saudáveis:

 

1 – Deixem que seus filhos, a partir dos 6 meses de idade, sentem à mesa com vocês no momento das refeições (nas cadeirinhas apropriadas para ficarem todos confortáveis);

2 – Façam um pratinho com itens cortados e deixem ao alcance para que ele possa pegar, amassar, experimentar;

3 – Pense em porções e formatos que a criança consiga pegar com as mãos e levar sozinha à boca;

4 – Atenção para que os pedaços não sejam muito grandes e provoque engasgo. Só fiquem de olho, mas não piquem muito pequenininho, eles precisam ter a experiência de mastigar e sentir;

5 – Os alimentos oferecidos cortados também devem ser ingeridos pelo restante da família que compõe a mesa;

6 – Podem manter o início da alimentação com as papinhas, frutas amassadas, sucos coados. Fiquem atentos aos sinais de seu filho. Caso percebam que ele já tem habilidade em comer sozinho, deixem ter autonomia;

7 – É esperado que seu filho brinque com os alimentos nos primeiros dias, e depois ele vai arriscando colocar na boca, podendo cuspir ou engolir;

8 – Não insista ou obrigue-o a comer, nem mesmo o premie com elogios demasiados, promessas ou brinquedos;

9 – Conquistando a habilidade da mastigação e manejo da língua, permitam alimentos amassados com pedaços e migrem gradativamente para pedacinhos, independentemente da idade;

10 – Paciência: a autonomia é algo a ser conquistado pela criança e a segurança deve ser parceira dos pais.

 

Lembre-se: A alimentação guiada pelo próprio bebê é um caminho natural, mas nenhum passo deve ser uma regra; use justamente aquele seu instinto de mãe, procure a parceria de um profissional pediatra e/ou nutricionista e entenda como os hábitos de sua casa podem ser ajustados para melhor alimentar seus filhos.

 

Dica da Fabee: Seu filho vai para a creche ou escolinha? Que tal etiquetar os portinhos das alimentações com informações sobre restrições ou cuidados? Na Fabee Store você encontra etiquetas lindas e personalizadas para identificar tudinho! Confira aqui!

 

Folia de carnaval: Inspirações de fantasias para as crianças

Carnaval já está aí, não é mesmo? E com certeza os pequenos já estão super animados para cair na folia e se divertir muito! Se você vai levar seu pequeno para aproveitar o carnaval no clube, na rua ou em uma festinha com os coleguinhas do condomínio mesmo, vale a pena caprichar na fantasia! As crianças adoram, além de deixar a brincadeira muito mais divertida! Nós separamos aqui algumas inspirações de fantasias de criança para o carnaval! São ideias que você pode usar como base para montar a do seu pequeno, utilizando as coisas que você encontra em casa mesmo! Confere aqui:

 

DORA AVENTUREIRA

Dora Aventureira

Essa fantasia é super original, e as meninas adoram porque esse desenho está super na moda! E o melhor: é bem fácil de fazer! Você pode escolher uma calça jeans, combinar com uma camiseta verde ou branca, e colocar a peça chave que é o coletinho cáqui cheio de bolsinhos. Se você tiver habilidade com costura pode até confeccionar um colete personalizado. Como acessórios, a sua exploradora vai precisar de um chapéu, binóculos ou lupa. É uma fantasia de carnaval ideal para as meninas que gostam de animais, do ar livre e da natureza.

 

PIRATA

PIRATA

A vida de um pirata é cheia de aventuras e desafios. Quem é que não gostava de ser pirata só por um dia? Com esta fantasia deixe a sua princesa soltar o seu lado mais rebelde. Fantasias de pirata para crianças são bem fáceis de encontrar em lojas de festas, mas você também pode fazê-la em casa. Combine um vestido preto, uma blusa branca e leggings ou meias com riscas vermelhas, adicione um cinto largo, botas e um chapéu de pirata ou um lenço para a cabeça. Como acessório, você pode comprar uma espada pirata nessas lojas de variedades que encontramos pela cidade.

 

ROCK STAR

ROCK STAR

Essa fantasia de rock star também é fácil de conseguir! Ela é feita principalmente a partir de peças de roupa que você já tem no guarda-roupa. Escolha peças pretas, rosa choque, e com riscas para compor um conjunto bem divertido. Você pode inclusive apostar em lantejoulas aqui! Jaquetas de couro também são bem vindas! Não se esqueça de fazer um penteado extravagante e não deixe a sua estrela sair de casa sem a guitarra ou o microfone!

 

SMURF E SMURFETTE

smurfete smurf

Essa fantasia também é do clube das originais! E super fácil de fazer! Para as smurfettes um collant azul, uma meia calça ou legging da mesma cor, e um vestido branco por cima. Para os smurfs uma camiseta de manga comprida azul combinada com uma calça branca. Nos pés uma sapatilha ou uma alpargata branca, e não pode faltar o chapeuzinho branco que é o ícone dos Smurfs!

 

BOXER

boxer

Ahhh, essa fantasia fica muito fofa! Principalmente nos mais pequenos! A peça essencial da composição são as luvas de boxe vermelhas, que não podem faltar mesmo! O resto pode ser composto por calções de basquetebol, ou uma bermuda mais folgada, e um robe nos mesmos tons. Imprima o símbolo da “Everlast” e cole na cintura. Se tiver, pode juntar um cinturão de lutador de boxe… eles vão se sentir verdadeiros campeões do Carnaval!

 

MEXICANO

MEXICANO

Essa é uma fantasia muito engraçada para os pequenos e fácil fácil de conseguir, principalmente se você não tem muito tempo! Precisa apenas de um sombrero enorme e um poncho colorido. Se não tiver um poncho, você pode fazer um a partir de uma manta velha ou uma toalha colorida, desfiando a bainha para ficar com as típicas franjas. Para finalizar, não se esqueça do bigode mexicano!

 

E aí? Gostou? Agora é só correr para a produção!