Como estimular a fala na criança

Como estimular a fala na criança

Olá mamães! A Fabee Store, loja online de produtos personalizados, procura sempre estar por dentro das dúvidas e questões que envolvem o universo infantil. Por isso, o post de hoje da série “como estimular as crianças” traz dicas de como estimular a fala na criança. Afinal, que mãe ou pai não quer ouvir seu filho dizer as primeiras palavrinhas?

As crianças aprendem a falar durante os dois primeiros anos de vida e conseguem isso por meio de estímulos. Nesse sentido, o papel dos pais é de suma importância nesse processo de aprendizagem em que a principal ferramenta aliada é a conversa. Sim! Essa prática deve ser adotada, de preferência, ainda com o bebê na barriga, e mantida conforme o pequeno se desenvolve. Procure conversar durante todas as atividades e rotinas do dia, desde quando fazem a higiene, quando comem, até a hora de trocar de roupa e brincar.

Outro ponto muito importante é tomar um extremo cuidado com a pronuncia das palavras. Você pode escolher estimular seu filho com palavras simples, porém, fale-as corretamente e evite, de toda forma, utilizar a “fala do bebê” porque a criança aprende da maneira que ouve. Se ouvi-la falando errado, corrija – sabemos que é bonitinho o modo de falarem, mas se não houver correção, eles não vão desenvolver a fala. Abaixo você confere outras dicas para estimular a fala nas crianças de acordo com a idade:

0 a 1 ano: Fale com a criança sempre e responda suas tentativas de fala. Ler livros ilustrados, fazer rimas e cantar também são formas descontraídas de estímulo. Além disso, é sempre importante pronunciar o nome de objetos do cotidiano e de pessoas próximas. Passear, fazer seu filho conhecer novas situações e fazer brincadeirinhas (de preferência tentando utilizar palavras) também são opções indicadas.

1 a 2 anos: Nessa fase, a criança geralmente está mais disposta a aprender e pronunciar, por isso, é importante instiga-la e elogiá-la a cada acerto. Converse sobre tudo o que fizerem, sobre acontecimentos e situações. Quando seu filho falar, preste atenção. E cuidado: fale de forma bem clara!

2 a 3 anos: Nessa fase algumas palavras já fazem parte do vocabulário dos pequenos. Novas palavras devem ser repetidas diversas vezes e o sentido da audição deve ser exercitado. Isso pode ser conseguido por meio de “jogos de ordem”, que façam a criança prestar atenção ao que está sendo solicitado (como um simples “pegue a bola”). Ouvir o que seu filho diz também faz parte do processo. Estímulos da fala também podem ser conseguidos ao elaborar perguntas que os baixinhos possam responder e fazer com que levem mensagens a outras pessoas (por exemplo, “diga ao papai que a mamãe está chamando”). Além de tudo isso, sempre que a criança pronunciar as palavras corretamente demonstre que, dessa forma, você consegue entende-la – porém, se ela disser apenas “água”, tente aumentar o vocabulário dela perguntando, por exemplo, “você quer água?” ou fazendo-a dizer “eu quero água”.

3 a 4 anos: Nessa fase, converse bastante com a criança, explique as diferenças dos objetos, leia histórias mais longas e estimule-a a contar as próprias histórias. Incentivar o convívio e brincadeiras com outras crianças também é muito importante.

4 a 6 anos: Não deixe de viabilizar a melhora do vocabulário da criança, para isso, ensine novas palavras e explique seu significado ou aplique-a num contexto de fácil entendimento; como a pronúncia pode não ser a correta, corrija-a e elogie sua tentativa. Sempre oportunize conversas e preste atenção quando seu filho fala. Perceba se ele está atento antes de você dizer alguma coisa e dê pausas após falar (para que a criança continue a conversa).

Outros métodos que podem estimular a fala abrangem habilidades diversas. Categorizar, agrupar (por similaridade) e descrever objetos, desenvolver vocabulário baseando-se em relações espaciais e oposições, são alguns exemplos. De tudo, o maior efeito só é conseguido se houver participação efetiva dos pais e pessoas próximas à criança. Até a próxima!

Confira outros post da série “como estimular as crianças”.

Como estimular a leitura nas crianças

Como estimular a imaginação das crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *