Jogos e Brincadeiras – Vá Pescar

Este clássico jogo de comparar cartas pode ser divertido para todos!

 
Jogadores: 2 a 6

Idade: 4 a 8 anos

Local: mesa ou outra superfície plana, com assento para todos os jogadores

Equipamento: baralho padrão

 
É possível adquirir o jogo Vá Pescar com figuras impressas nas cartas, especialmente para crianças pequenas que ainda não sabem lidar com números. Mas elas ficam muito orgulhosas de serem promovidas ao uso de um baralho de verdade. O jogo pode ser modificado para crianças pequenas, bastando pedir-lhes que juntem somente pares em vez de vazas de quatro cartas. Uma vaza é formada por quatro cartas da mesma categoria – digamos, todos os Setes, ou todos os Valetes.

 
Todos pegam uma carta do monte, e quem tirar a carta mais alta começa o jogo. Se houver dois ou três jogadores, cada um recebe sete cartas viradas para baixo. Se participarem quatro ou mais jogadores, cada um recebe cinco cartas. As cartas restantes são dispostas ao acaso, com a face para baixo, no meio da mesa – que é a lagoa da pesca. Cada jogador organiza então sua mão para que as cartas de mesmo valor fiquem lado a lado. O objetivo do jogo é capturar o maior número possível de grupos de quatro cartas iguais de mesmo valor.

 
O jogador à esquerda do distribuidor começa pedindo a qualquer outro participante as cartas que precisa para completar um grupo de quatro. Por exemplo, se tiver dois Reis, ele perguntará a qualquer outro jogador se ele tem Reis. Em caso afirmativo, o jogador solicitado vira a carta para cima. O primeiro jogador continua e pergunta novamente ao mesmo participante, ou a qualquer outro, para saber se tem determinada carta. Não tendo as cartas pedidas, o adversário gritará então: “Vá pescar”! Com isso, o primeiro jogador seleciona uma carta da “lagoa” e a acrescenta às que tem na mão. Acaba assim a sua vez e a jogada é do próximo participante à esquerda.

 

 
 
A pescaria na lagoa pode ser boa ou má. É boa se o jogador tiver sorte suficiente para pegar a carta que precisa para completar um grupo de quatro.

 
No decorrer do jogo, os participantes devem prestar atenção ao que os outros jogadores estão pedindo. Um jogador que procura um Ás, por exemplo, deve pedi-lo a quem antes pediu um Ás. É importante, claro, lembrar-se de que outro jogador acrescentou uma carta valiosa à sua mão quando foi à lagoa pescar. A mão da jogada muda sempre que um participante compra uma carta do centro.

 
 
Fonte: O Grande Livro dos Jogos e Brincadeiras Infantis – Debra Wise
Ilustração: Sandy Forrest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *