A importância da massagem nos bebês

Massagem em bebês

Seu bebê acabou de nascer e você, mãe de primeira viagem, ainda está aprendendo a lidar com esse ser tão pequeno? Ou você já é uma mamãe mais experiente? Seja como for, você precisa saber que manter contato corporal com o recém-nascido é de suma importância para o desenvolvimento dele.

A massagem é uma forma de contato que proporciona qualidade de vida aos pequenos. Isso porque ela pode exercer várias funções. Além de melhorar a qualidade do sono, ajuda no alívio de cólicas e de doenças.

Há vários tipos de massagens específicas que podem ser aprendidas. Técnicas como a shantala ou as orientais, como tuiná, do-in, shiatsu e thai podem ser aplicadas na criança para trazer diversos tipos de benefícios. Você pode fazer aulas ou mesmo procurar algum dos diversos livros de aprendizado individual – os do tipo “faça você mesmo”.

A dica para quem quer fazer massagens é usar um óleo vegetal e utilizar um local confortável. Além disso, é importante controlar a temperatura, para que o ambiente não fique muito frio, por exemplo; afinal, o bebê precisará estar sem roupa.

Faça movimentos circulares, com toques suaves, por toda a extensão do corpinho. Outra técnica utilizada é apoiar o bebê na sua barriga, no estilo “canguru”. Isso deixa mãe e filho em contato direto, pele com pele. Dessa forma, todo amor e carinho poderão ser sentidos com mais força. Aproveite e ensine também para os papais.

Independente de saber a técnica ou não, os pais precisam sempre estar em contato direto com o bebê, principalmente a mãe. Acariciar a pele na amamentação, durante o banho, na troca de fralda, ou mesmo despretensiosamente. A demonstração de carinho gera proteção, aconchego e contribui para o desenvolvimento do pequeno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *