Jogos e Brincadeiras – Cinco Pedrinhas

– ou Cinco Marias

 

 
Neste antigo jogo de habilidade, o desafio é lançar e apanhar moedas.

 
Jogadores: 1 ou mais
Idades: a partir de 8 anos
Local: na calçada, ao ar livre ou no piso dentro de casa (longe de objetos quebráveis)
Equipamento: 5 pedrinhas redondas, dados, peças de Jogo das Pedrinhas ou cubos apropriados ao jogo de Cinco Pedrinhas – ou Cinco Marias

 
Cinco Pedrinhas, ou Cinco Marias, era originalmente chamado de Ossinhos, pois jogava-se com ossos de ovelha. O jogo é um predecessor do Jogo das Pedrinhas e tem sido jogado em muitas partes do mundo há mais de dois mil anos. Requer concentração e boa coordenação entre mão e olho, o que o torna excelente para crianças a partir de 8 anos. Elas gostam muito do desafio e da variedade oferecida por este jogo.

 
Apesar de Cinco Pedrinhas ser uma entretenida atividade individual, é mais emocionante competir com outros jogadores. Para começar, um jogador abaixa-se com as cinco pedrinhas redondas (dados, pedrinhas ou cubos de Cinco Pedrinhas também podem ser usados) na palma da mão. Seu objetivo é fazer cinco manobras complexas com as pedras – envolvendo lançar e apanhá-las do chão – sucessivamente. Se não conseguir fazer uma dessas manobras, sua jogada termina imediatamente e o próximo jogador começa a jogar. Na próxima vez, o primeiro jogador apanha a pedrinha onde ela caia.

 
O lance da primeira das Cinco Pedrinhas – chamado “Uns” – é assim: de cima da palma aberta, todas as pedrinhas são jogadas para o alto (veja diagrama). Enquanto estão no ar, o jogador vira a palma da mão para cima e tenta pegá-las com o dorso da mão. Então, inverte o truque, lançando as pedrinhas do dorso e pegando-as com a palma da sua mão.

 
Se o jogador conseguir pegar todas as pedrinhas, imediatamente continua a manobra. Se as cinco pedrinhas caírem no chão, acaba sua vez. No entanto, se quatro ou menos pedrinhas caírem no chão no final do lance básico, a vez continua. Quando as pedrinhas estão caídas no chão, o jogador transfere todas, menos uma, das pedrinhas apanhadas para a mão que não faz lances. Então, lança a única pedrinha e tenta pegar uma das pedrinhas do chão com a mão do lance. Esta ação é repetida até que todas as pedrinhas tenham sido apanhadas.

 
No segundo lance – “Dois”, as pedrinhas são espalhadas no chão. Uma só pedrinha é apanhada e lançada no ar. Enquanto esta pedrinha estiver no ar, o jogador deve pegar duas pedrinhas do chão e depois apanhar a pedra lançada com a mesma mão. Depois de transferir as duas pedrinhas para a mão que não fez o lance, a ação é repetida para recuperar as duas outras pedrinhas.

 
O terceiro lance – “Três”- é efeturado como o lance em Dois, só que uma única pedra é apanhada quando, primeiro, apenas uma pedrinha está no ar, mas três são apanhadas na segunda vez.

 
O quarto e ultimo lance – “Quatro”- é jogado como em Dois e Três, mas desta vez, quando uma única pedrinha for lançada no ar, as quatro restantes são apanhadas de uma só vez.

 
Conforme prossegue o jogo, em geral os jogadores têm que tentar várias vezes antes de conseguir ter êxito em algum lance. O primeiro jogador que completar cada lance até os “Quatro” será o vencedor.

 
Fonte: O Grande Livro dos Jogos e Brincadeiras Infantis – Debra Wise
Ilustração: Sandy Forrest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *