Jogos e Brincadeiras – Rummy


 
Os jogadores de Rummy precisam ter mentes lúcidas, se esperam ganhar. Se cansarem de uma versão do jogo, há muitas variações a serem experimentadas.

 
Jogadores: 2 a 6
Idade: a partir de 10 anos
Local: mesa ou outra superfície plana, com assento para todos os jogadores
Equipamento: baralho padrão, lápis e papel para marcar os pontos

 
Rummy é um dos jogos mais populares – e a razão é muito boa! Embora relativamente descomplicado, um bom jogo de Rummy requer boa dose de pensamento estratégico. Prestar atenção ao que os outros jogadores estão fazendo e ter a flexibilidade de repensar posições constantemente são as duas condutas mais importantes para ter sucesso neste jogo.

 
Todos pegam uma carta e quem tirar a mais alta embaralha e distribui as demais, uma a uma, viradas para baixo, a todos os jogadores. Se houver dois jogadores, cada um receberá dez cartas; se houver três ou quatro, cada um receberá sete cartas; se houver cinco ou seis, cada um receberá seis cartas. O restante fica então em um monte virado para baixo no meio da mesa. Esta é a “reserva”. A carta de cima da reserva é virada e fica ao lado para dar início a um monte de descarte.

 
O objetivo de cada jogador é livrar-se de todas as suas cartas durante o jogo. A única maneira de fazer isso é reunindo algumas cartas, as chamadas “combinações”. As combinações englobam qualquer grupo de três ou quatro cartas do mesmo valor, ou qualquer sequência de três ou quatro cartas do mesmo naipe. Quatro Seis ou três Damas, por exemplo, compõem uma combinação, sendo também o caso de Dois, Três e Quatro de paus ou Nove, Dez e Valete de ouros. (Os Ases têm valor baixo quando colocados juntos em sequência; assim um jogador pode usar uma sequência de Ás, Dois, Três mas não Dama, Rei e Ás.)

 
Dando início ao jogo, o participante à esquerda do distribuidor pega a carta de cima de qualquer monte virado para baixo ou do monte de descarte virado para cima. Então, descarta qualquer carta de sua mão neste monte. (Se, porém, pegar uma carta do monte de descarte, não poderá descartar a mesma carta.) O jogo prossegue em sentido horário, e cada jogador pega e descarta uma carta. Sempre que um jogador fizer uma combinação, ele a deixará com a face para cima sobre a mesa. Um participante pode até já ter uma combinação para baixar após a distribuição inicial das cartas, e isto é ótimo.

 
À medida que os jogadores começam a colocar na mesa suas combinações, os outros, por sua vez, podem “baixar” cartas sobre elas, acrescentando uma quarta carta a uma trinca de reis, ou na ponta crescente ou decrescente da sequência de uma trinca. Por exemplo, se um participante jogou três Ases e outro jogador tem o quarto, este pode baixar seu Ás quando chegar a sua vez. Se alguém tem uma combinação de Cinco, Seis e Sete de copas, outro jogador pode baixar o Quatro e o Oito de copas. Os jogadores podem descartar quantas cartas for possível durante a sua vez.

 
Se a reserva acabar e o jogador não quiser a carta de cima do monte de descarte, este será virado para ser usado como nova reserva. O primeiro jogador a “sair” (a jogar todas as suas cartas) vence a mão. Não é obrigatório descartar quando sai, a menos que ele queira.

 
Em seguida, faz-se a contagem dos pontos. O valor de todas as cartas que sobraram nas mãos dos jogadores é concedido ao vencedor. Os Ases valem 1, as cartas de figuras (Valete, Dama e Rei) valem 10 e as outras cartas têm os valor de seus próprios números. O vencedor dobra sua pontuação caso consiga vencer por “fazer o rummy”. Isso significa que ele descartou cada uma de suas cartas de uma só vez. Para tanto, até aquele momento da jogada ele não deve ter baixado quaisquer combinações ou outras cartas nas combinações de seus adversários. Geralmente, o “rummy” ocorre no início da mão, se for o caso – a não ser que algum jogador imprudente segure todas as combinações na esperança de poder fazer o “rummy” na mão mais tarde.

 
Depois de contados os pontos da primeira rodada o jogador ã esquerda do distribuidor embaralha e dá as cartas da próxima mão. É especialmente importante neste jogo embaralhar muito bem as cartas. O jogo prossegue até que um jogador alcance os pontos estipulados, em geral, 500 pontos. Se dois ou mais jogadores fizerem os 500 pontos ao mesmo tempo, o que tiver mais pontos vence.

 
Durante qualquer rodada, os jogadores devem prestar atenção ao que cada um está fazendo. O jogador deve tentar não descartar uma carta que ele ache que o adversário à esquerda possa usar. Acompanhando quaisquer cartas o adversário pega e descarta, o jogador pode saber o que os outros estão precisando e evitar ajudá-los.

 
É importante mudar de tática quando parece que os outros estão pegando todas as cartas que ele precisa. Quanto mais flexível for um jogador, com relação a mudar os grupos e as sequências que está tentando reunir, mais sucesso terá. Se os adversários parecem estar em busca de grupos de combinações, o jogador deve tentar fazer sequências combinadas de e vice-versa. Finalmente, para manter baixa a pontuação da mão do vencedor, os jogadores devem procurar não ficar com muitas cartas altas no final de uma mão. As cartas de figuras que sejam indesejáveis devem ser descartadas no início do jogo.

 
 
Fonte: O Grande Livro dos Jogos e Brincadeiras Infantis – Debra Wise
Ilustração: Sandy Forrest

Uma ideia sobre “Jogos e Brincadeiras – Rummy

  1. Pingback: Variações Rummy | Blog Fabee Store – Kits e produtos personalizados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *