Dica de viagem diferente com as crianças: parte II

Pegamos o carro rumo à Plettenberg Bay. São cerca de 400 km de Estrada excelente e a paisagem vista no caminho é belíssima!

Plettenberg Bay (ou “Plett”como é chamada) se localiza no extremo sul da África do Sul, no meio da conhecida “Garden Route” – a rota dos jardins que vai de Cape Town à Port Elizabeth. É uma cidade litorânea pertencente à província de Bitou, com centenas de atrações e passeios.

Nascer da Lua em Plett

A maior praia de Plett chama-se “Robberg Beach”e é uma das mais lindas em que já estive! A água é transparente de tonalidades que varia do verde mais claro a azul tuquesa. É comum ver golfinhos surfando nas ondas de Robberg Beach.

Golfinhos – Robberg beach

Aliás, a vida marinha é bem rica nessa região: em um dos passeios mais procurados, o “Ocean Safari”, os barcos te levam para ver os golfinhos, focas, pinguins e, se tiver sorte, baleias também.

A “Robberg Island” é uma ilha com centenas de focas.

Outra atração imperdível é o “Knysna Elephant Park”, um parque de elefantes onde você pode alimentá-los (eles adoram frutas cítricas e legumes), passear em cima deles, aprender curiosidades sobre esse animal e, claro, tirar muitas fotos!

Ahh, você sabia que a gravidez de um elefante fêmea dura 23 meses? E que os elefantes têm uma memória incrível? Daí o porquê do conhecido ditado popular.

Knysna Elephant Park

No parque “Snake Sanctuary” você vira quase um “expert” sobre esses anfíbios tão temidos! E tem a chance de experimentar (com segurança) tocá-los e até fazer um “necklace”, ou seja, enrolar uma piton albina de cerca de 1, 5 m no pescoço!

Snake Sanctuary

Não poderia faltar uma manhã para um Safari com as crianças no “Plettenberg Bay Game Reserve”. Em um furgão tipo Land Rover avistamos leões, girafas, hipopótamos, búfalos, rinocerontes, zebras, crocodilos e vários outros animais.

Leões no Pettenberg Bay Game Reserve

Girafa no Pettenberg Bay Game Reserve

Comer em Plett!

Tanto em Plett como nos arredores come–se muito bem, em especial, pratos à base de frutos do mar. A Pizzaria “Cornucci” tem uma pizza “Frutti di Mare” deliciosa! Atualmente o restaurante mais badalado é o “The FatFish”, com um toque asiático e que serve camarões divinamente preparados!

O “Europa Café” , no centrinho de Plett, tem um “Ice coffe”, ou café gelado tipo smoothie ou “rapadinha” chamado “Foggoccino”, que é uma tentação! Quase ao lado fica a sorveteria mais famosa, chamada o “Ice Palazzo”, que, dentre várias opções, vende o sorvete de “Amarula” – um licor típico da África do Sul mundialmente conhecido.

Cerca de meia hora de Plett, rumo a Port Elizabeth, vale a pena almoçar no “Enrico’s “, um restaurante italiano, na beira da bela praia de “Keurboomstrand” que serve, além das massas, uma ótima pizza marguerita e peixes excelentes e super frescos!

Se tiver tempo vale a pena conhecer a pequena cidade de Knysna, a cerca de 30 km de Plett. O “Waterfront”de Knysna é um charme com suas lojinhas, sorveterias e restaurantes à beira do cais do porto. Lá almoçamos no “Ocean Basket”, uma espécie de “fast food” de futos do mar mas muito bem servido e gostoso! As crianças amaram!

Waterfront Knysna

A Coca-Cola da África do Sul se chama “Tab”e não contém cafeína além de ser sem açúcar. Só peço ela quando quero tomar um refri gelado! Se tiver oportunidade experimente o “Malva Pudding”, que é a sobremesa típica da região: um bolo cremoso e molhado com um sabor inexplicável de tão bom…..Hummmmm……

Compras em Plett e região!

O artesanato sul africano é muito rico , variado e em todo lugar você acha uma bela lembrança típica, feita dos mais diversos materiais e animais para levar para casa.

Na “Main Street”de Plett você encontra as mais variadas lojas e uma feirinha diária com comidas e artesanato local.

No Mall de Plett se localiza as grandes lojas e magazines como o Mr. Price Home (coisas lindas com ótimo preço para casa); Edgards, supermercado “Pick’n Pay”; e a minha favorita, a “Woolworths”.

Ao longo da Garden Route você encontra diversas “villages”vendendo os mais variados produtos típicos da região.

Desta vez conhecemos o “The Mill Living Centre” em “The Crags”, um vilarejo próximo de Plett. Lá existe  a maior seleção de produtos feitos à base de “mohair”ou lã de cabra que eles criam.

A “Zandla Zam” é uma lojinha charmosa que vende kaftans e bijoux lindíssimas!

Dicas para quem vai pela primeira vez, segunda….

Para quem vai a primeira vez, além de Cape Town, sugiro passar uns dias no “Krueger Park” para o famoso safari e outros no “Palace Hotel Sun City”, o luxuoso resort 6 estrelas, cheio de atrações para toda a família.

Se já conhece esses lugares e está indo pela segunda vez, recomendo:

-Oudtshoorn – cidade das fazendas de avestruz.

-Cango Caves – um labirinto de câmaras interligadas cheias de estalagmites e helictites (formações que crescem a partir do chão de uma gruta), criativamente iluminado para destacar os ocres naturais e depósitos de óxido que decoram as formações calcárias

– Tsitsikamma Forest – se gostar de aventuras e adrenalina esse é o lugar; um dos maiores bung jump” do mundo se localiza lá!

-Stellenbosch – região de vinículas, para apreciadores de um bom vinho.

-Jeffrey’s Bay – famosa praia de surf.

Agora é hora de voltar…. Pegamos a estrada rumo a George. Lá, pegamos um vôo para Johannesburg para na manhã seguinte voar de volta ao Brasil!

Essa temporada na África do Sul foi, sem dúvida, a melhor de todas e espero passar outras férias nesse “African Magic Kingdom” !!!

Veja também: Dica de uma viagem diferente com as crianças!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *