Jogos e Brincadeiras – Tesouro Enterrado


 
 
Neste jogo realizado em um quadriculado, no papel, os adversários procuram um “tesouro enterrado” por meio de um processo de eliminação.

Jogadores: 2

Idade: 7 a 12 anos, além de um adulto ou uma criança mais velha para ajudar

Local: mesa ou outra superfície plana para escrever, com assento para os dois jogadores

Equipamento: lápis e papel quadriculado para cada jogador

 
O Tesouro Enterrado é uma versão mais simples do jogo Batalha Naval. É uma boa introdução à lógica e à estratégia para crianças pequenas. O jogo é realizado em dois quadriculados de papel, consistindo cada uma delas em 81 quadradinhos. Oitenta desses quadradinhos são designados para cada jogador e o objetivo é descobrir o único quadradinho no tabuleiro sem um dono.

 
Antes de começar o jogo, cada participante marca uma área de nove por nove quadradinhos em seu papel, e marca-os com os números de 1 a 9 de cima para baixo no lado esquerdo e com as letras de A a I, da esquerda para a direita, na parte superior (veja diagrama). O canto superior esquerdo é chamado então de A-1; o quadradinho diretamente abaixo é o A-2; o quadradinho à direita de A-1 é B-1, e assim por diante até o último quadradinho na parte inferior direita, I-9.

 
 

 
 
Em seguida, o adulto ou criança mais velha que auxilia o jogo pega os dois papéis e sombreia quatro colunas verticais e quatro horizontais de cada um. O quadriculado de um jogador pode ser sombreado, por exemplo, nas colunas verticais A, D, F e H e as séries horizontais 1, 2, 7 e 9. No outro papel, as colunas sombreadas assim como as séries devem ser completamente diferentes. Com isso, resta somente um quadradinho não-sombreado nas duas folhas – este é o tesouro enterrado. Os jogadores não vêem as folhas um do outro e, portanto, não sabem quais são os quadradinhos sombreados no papel do adversário.

 
O auxiliar do jogo devolve então os papéis aos jogadores, cuja missão é imaginar onde o tesouro está enterrado. Os adversários revezam-se fazendo perguntas um ao outro para ver se um determinado quadradinho está sombreado, identificando-o pela letra e número. Os jogadores devem responder honestamente. Cada vez que um deles admitir que um quadradinho em especial está sombreado, o adversário marca um quadradinho em seu próprio quadriculado. O jogo segue, de um lado a outro, até que um dos parceiros identifique o tesouro enterrado por um processo de eliminação, vencendo o jogo.

 
 
Fonte: O Grande Livro dos Jogos e Brincadeiras Infantis – Debra Wise
Ilustração: Sandy Forrest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *